poderá o fim dos jornais, ser o fim de uma cultura europeia?
Projecto de Design de Comunicação V

Julgo que o conceito de cultura europeia já não é tão uno como chegou a ser no passado, a unidade de diversos países nunca foi plena mas já foi mais pacífica do que é agora. A desagregação da cultura europeia e das diferentes culturas de cada país deve-se, na minha perspectiva, à contaminação de um mundo virtual que traz consigo riscos iminentes se não mediada. O consumo desenfreado de notícias online, muitas delas falsas, contribuem para o aparecimento de um novo paradigma: o tempo da pós-verdade. Caracterizado pela abolição completa de intermediação jornalística e pela possibilidade de qualquer pessoa escrever o que quiser, com as intenções que quiser.

Desta forma, a história de vida do Sr. Fernando que trabalha na Baixa Lisboeta, ilustra bem esta nova realidade, ele acha que os jornais serão como os videoclubes: vão acabar. Mais do que uma profecia, proponho problematizar as consequências desta possível mudança.