auto-retrato através do prisma
Projecto de Fotografia Estudos Avançados

A contemporânea selfie é em si a remediação da fotografia, renunciando o papel analógico da luz e do diafragma, e condensando num agregado de pixels instantâneos o rosto de quem a cria. Surgem imagens deformadas pela tecnologia, indissociáveis do objecto que as materializou, auto-retratos voláteis, inócuos, digitais que são parte da cultura imagética actual, destinadas à proliferação mas não à sua lenta contemplação. Numa perspectiva voyeurística, as imagens surgem descontextualizadas, isoladas e há uma desconstrução identitária do sujeito, à medida que o momento da selfie se movimenta através do espaço. A referência com o real é dissolvida e a ilusão da tecnologia é exposta.